EXCLUSIVO: Chitãozinho e Xororó lembram infância difícil e jornada até o sucesso absoluto

0
105
EXCLUSIVO: Chitãozinho e Xororó lembram infância difícil e jornada até o sucesso absoluto (Foto: Reprodução Internet)
EXCLUSIVO: Chitãozinho e Xororó lembram infância difícil e jornada até o sucesso absoluto (Foto: Reprodução Internet)
Tempo de leitura: 3 minutos

Entrevista: Uma das maiores duplas sertanejas do Brasil, Chitãozinho e Xororó contam como saíram do interior e fizeram história com sucesso e premiações internacionais

Uma das maiores duplas sertanejas de todos os tempos, Chitãozinho e Xororó são os ilustres convidados do episódio mais recente do podcast EnterHits, apresentados pelos especialistas em música Enio Silvério e Reinaldo Barriga, onde comentam detalhes dos bastidores da música, TV e mundo das celebridades.

Enio e Reinaldo receberam ninguém menos que Chitãozinho e Xororó para contar alguns detalhes da carreira da dupla sertaneja, desde sua infância humilde até se tornarem uma das mais consagradas do Brasil e vencedoras de 4 Grammys Latino, sendo dois deles com a produção de Reinaldo Barriga. Clique aqui para ouvir o podcast na íntegra com a entrevista completa.

A dupla sertaneja abriu o jogo sobre o começo de sua carreira, que foi marcado pelas dificuldades e a força de vencer, ainda quando meninos, e deram detalhe de como superaram a pobreza e chegaram ao ápice vencendo o Grammy:

“Quando começamos a cantar, em Rondon, éramos crianças e nem sabíamos que isso era uma profissão. Quem estava almejando isso era nosso pai, por isso que ele nos trouxe para São Paulo e começou a colocar a gente para cantar em rádios e programas de televisão. A gente não tinha a mínima noção, eu demorei muito para saber que isso seria uma profissão no futuro, aí quando nós vimos que isso dava dinheiro e nós tínhamos muita carência, éramos uma família grande e muito pobre, e a música salvou não só a dupla como a família toda. Eu nem sabia o que era um Grammy Latino, hoje a gente tem quatro, graças a Deus”, comenta Chitãozinho.

Assuntos Relacionados

Xororó aproveitou a oportunidade para contar sua relação com a tecnologia no auge dos seus 50 anos de carreira: “A tecnologia veio para nos trazer, de uma forma geral, para todos os seres humanos, possibilidades infinitas. A gente vem aprendendo a lidar, eu gosto demais da tecnologia. Hoje é muito fácil a gente compor uma canção à distância, fazer um arranjo e mixar um disco a distância. Sabendo usar, tendo bastante cuidado e respeitando os limites da cada ferramenta, a tecnologia veio para ficar e ajudar muito na parte musical, a gente consegue fazer coisas incríveis e não precisa nem de uma parafernália. Com poucas coisas em casa você consegue realizar coisas maravilhosas”, detalhou o cantor.

Assista à entrevista completa:

Enio e Reinaldo contam histórias únicas que viveram ao lado dos astros

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

Reinaldo Barriga conta como é sua relação com a dupla: “Um dia o Chitão me convidou para fazer um arranjo e eu fiquei um pouco inseguro porque pra mim eles são sagrados, e aí eu resolvi fazer como um desafio mesmo. No dia seguinte do pedido, eu levei a música e quando eu mostrei no cassete eles pararam a gravação e eu fiquei tenso”, começou.

“A música era ‘Bailão de Peão’ e tinha uma introdução bem longa, e eu acha que eles não iriam gostar. Rapaz, foi o contrário! Um olhou para o outro e começaram a dançar no estúdio e foi um alívio e ao mesmo tempo uma grande emoção”, finalizou Reinaldo. Enio, como diretor das rádios mais famosas do país, teve contato direto com a dupla sertaneja e acabou construindo uma amizade duradoura ao lado de Chitãozinho e Xororó.

Reinaldo ainda comentou a sensação de ganhar dois Grammys ao lado de Chitãozinho e Xororó: “Foi naturalmente, nunca imaginaria ganhar um prêmio, e como eles me deram todo apoio em todas as maluquices que a gente criava, então foi isso que nos fez ganhar esse prêmio, essa liberdade que eles dão para as pessoas que trabalham com eles. São um exemplo de profissionais para mim. Eu aprendi muito com Chitãozinho e Xororó e agradeço essas premiações internacionais, me enchem de orgulho”, encerrou.

Sobre Enio Silvério: Radialista e comunicador desde os 17 anos. Dirigiu as maiores emissoras de rádio do Brasil, como a Transamérica, em Curitiba, Rádio 100 (CE), Rádio Cidade (RJ), Rádio Cidade (BA) a Rádio Cidade (SP) e Tupi FM (SP) que se tornaram líderes absolutas de audiência sob sua direção. Foi o responsável direto para o sucesso em todo o país dos segmentos Axé Music e Sertanejo Universitário.

Sobre Reinaldo Barriga: Um dos maiores compositores, músicos e produtores musicais do Brasil. Já assinou trabalhos de grandes artistas como Capital Inicial, Engenheiros do Hawaii, Lulu Santos, Nenhum de Nós, Camisa de Vênus, Chrystian e Ralf e recebeu dois Grammys Latino pela sua produção dos álbuns “Vida Marvada” e “Grandes Clássicos Sertanejos acústico II” da dupla Chitãozinho e Xororó.

Advertisement