Antonia Fontenelle faz barraco com Anitta e pede expulsão da cantora do Brasil

0
775
Antonia Fontenelle faz barraco com Anitta e pede expulsão da cantora do Brasil (Foto: Reprodução Internet)
Antonia Fontenelle faz barraco com Anitta e pede expulsão da cantora do Brasil (Foto: Reprodução Internet)
Tempo de leitura: 2 minutos

A apresentadora Antonia Fontenelle se revoltou contra Anitta após a cantora cobrar vacinas e pediu que Bolsonaro a expulsasse do Brasil

Na última semana, a cantora Anitta gerou grande polêmica nas redes sociais após exigir a compra de vacinas contra a Covid-19 e detonar Bolsonaro, alegando que o presidente é o maior culpado pelas quase 450 mil mortes no Brasil, devido às recusas de vacinas da Pfizer, expostas na CPI da Covid.

Após o posicionamento da artista, que mira o mercado internacional com o single “Girl From Rio“, a apresentadora Antonia Fontenelle, que é conhecida pelo seu posicionamento polêmico em relação a outros famosos e já chegou a ter um caso com o cantor Eduardo Costa, que está ameaçado e pretende se mudar do Brasil após música criticando o governo.

Apoiadora do presidente, a apresentadora detonou Anitta em seu Instagram Stories e chegou a sugerir que a cantora fosse expulsa do país por Bolsonaro por “promover mentiras acerca das vacinas”, alegando ainda que ela teria praticado um crime:

“Eu já sabia, mas agora a raça de ordinários, almas penadas que desmerecem sua própria pátria, afirmam uma coisa tão séria, foi desmentida pela própria Pfizer. Jair Messias Bolsonaro de fato é um lord, eu no lugar dele expulsaria do meu país uma mulher como essa, por exemplo, que, além de ser um desserviço, propaga meu país de forma negativa. CRIME O NOME DISSO!”, detonou Antonia Fontenelle.

Assuntos Relacionados

Anitta, que está morando nos Estados Unidos promovendo sua carreira internacional, não respondeu Antonia Fontenelle, mas a polêmica tomou conta da internet e muitos fãs da cantora atacaram a apresentadora nas redes sociais.

Anitta lembrou morte de Paulo Gustavo em posicionamento

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

A morte do ator Paulo Gustavo na última semana despertou uma grande revolta na população e classe artística sobre a falta de vacinas no país, o que tem feito o governo ser constantemente atacado. Quem resolveu se pronunciar foi a cantora Anitta que, revoltada contra Bolsonaro, cobrou vacinas do governo e criticou as mortes.

Anitta, que se vacinou contra a Covid-19 nos Estados Unidos há alguns meses, vem falando mal do governo nas suas redes sociais e cobrando um posicionamento efetivo contra a pandemia no Brasil, que já matou mais de 430 mil pessoas. Em seu pronunciamento mais recente, a cantora de “Girl From Rio” disparou contra o governo e a recusa de vacinas:

“Milhões de vacinas recusadas. A morte do Paulo Gustavo e de vários outros brasileiros não foi um acaso. Tinha prevenção e foi rejeitada. Meu Deus, meu Deus”, detonou lembrando a morte do amigo e recebendo o apoio de milhares de fãs.

Advertisement